Pin It button on image hover

Uma alma tão prosa quanto a minha.

Amar: Ato múltiplo demonstrados de várias formas.

Há nada além do amor para nos alegras, como água e vinho, pedra e cachoeira, mar e areia. O amor é o sentimento mais puro e verdadeiro, interagidos de inúmeras formas, sentimento que contrai q imprime atos flexíveis, amor que ajuda que coloca limite, é o sentimento que poderemos ficar citando que nunca irá acabar.
Amar, amado, amando flexionando digamos que esse prazer é insubstituível, mesmo se você não retribui ou não é retribuído só de você sentir esse cálice limpo e significante para nossa natureza faz de voe um ser que corresponde às estatísticas da população, amar e ser amado diagnóstico improvável e de impossível descoberta.
Tudo que sobe desce tudo que cai levanta o amor direciona de forma invariável, podendo amar e ser amado, podendo ser amado e não amar, amar sem precisar relacionar, amar só por ouvir, amar só por um único olhar, difícil é achar o lado negativo deste anseio, mas como tudo tem controversas, o amor pode levar-te a loucura, cometer atitudes implícitas e indesejáveis.
Dor divina que todos nós queríamos conhecer, cálice perfeito em uma noite de luar, anseio recomendável em um inverno frio, sentimento que trás união, que concorda em gênero, número e grau
Com o ser sensível, terno, afetuoso e compassivo denominado humano.

Autor: Carlos Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário