Pin It button on image hover

Venha habitar o desconhecido...

Tumblr_lcn2vv36ir1qad2wmo1_400_large


Não, eu não quero perder!
é um direito meu querer!
Ser tudo que eu possa ser,
assim também como pertencer
a isso que te faz crescer
e te deixa aparecer dentro de mim.

De você sou toda feita,
me careço de estar diante
dos teus olhos perfeita,
te sinto em meu desejo
Te espero em meus sonhos
triste vejo que a cada dia se distancia

Venha habitar o desconhecido,
eu lhe convido, venha sentir comigo,
o que os livros nunca explicam
as coisas que guardadas nos olhos ficam
até o momento que os lábios as digam
Lhe repito, lhe repito, incessantemente até o fim dos dias.


 São os primeiros versos de quase dois anos sem compor nada! Sério, fiquei muito feliz!

2 comentários:

  1. Apos todo esse tempo sem escrever versos ,você conseguiu uma obra inicial pra nao querer parar mais.
    Ate mais!
    ps:Vi essa poesia somente hoje.Adorei.=)

    ResponderExcluir
  2. Fico honrada, de receber um elogio de tal poetisa!

    Atée..

    ResponderExcluir