Pin It button on image hover

#personalidades com Personalidade - blogueiros de atitude

Aproveitando ainda o clima que teve a minha ultima postagem, estava visitando os bloges que eu sigo, e vi um em especial, o escolhi para dar início ao #personalidades com Personalidade - blogueiros de atitude, pela falta de tempo, não tenho acompanhado direito os blogs, menos ainda de postar algum comentário, e antes que meus amigos pensem que esqueci deles, decidi fazer um #pcP (personalidades com Personalidades) especial, onde estarei apresentando os blogs que eu sigo, então, vamos lá?

E a inocência no amor? Cadê?

Num belo dia eu estava na sala vendo televisão. Era um daqueles horários chatos em que não se encontra nada que preste na TV. Fui mudando de canal e me deparei com a novela "Pérola Negra" (esta já deve ser a 2563748 vez que o SBT reprisa), eu assistia quando e
ra criança e adorava aquela historinha de um casal apaixonado que tentava ficar junto e lálálá, o mesmo enredo. Estou ciente que a história é bobinha, mas temos que levar em conta de que estamos falando de uma novela de 1998. Tudo parecia lindo, um conto de fadas e eu adorava, suspirava e sonhava em encontrar um mocinho como aquele.


Antes havia inocência. Os abraços eram delicados, os gestos eram mais simples, o beijo era mais contido (podia até ter língua na história, mas eu não conseguia vê-las em ação nas novelas). Daí passaram-se 10 anos mais ou menos e você percebe que os tempos são outros. A galera está praticamente se atacando! E a cena da caça de um leão em direção a uma zebra logo vem em sua mente. É incrível como os tempos são outros. Tudo é superficial e não existe mais aquele "amor" que estava presente entre os casais. Hoje, se você deixar a pessoa que gosta sozinha, na semana seguinte, esta aparece com outro(a) parceiro(a). É exagero? Será? Permita-me rir em internetês: HAUHAUHAUHAUHAU
A!

Não fica mais lindo quando um casal se comporta docemente entre eles? E vendo que se gostam de verdade, torna até o sexo bonito, ou você acha que o sexo é um comportamento sujo? Aí depende de como ele é praticado. Se o casal se gosta, fica lindo. Se o casal transa por carência sem gostar, fica nojento. Simples assim :D


É tão belo quando se vê simpli
cidade nos cenários de um romance. E vivenciar isto, lhe deixaria explodindo de felicidade (ou vai dizer que não?), principalmente se estivesse com a pessoa certa. Será que pensar desta forma me torna sonhadora demais? Será que não é possível um casal se gostar de verdade? Muitas vezes me pergunto a mesma coisa. Não é possível! Eu devo estar errada, pois como os tempos mudaram, as pessoas também acabam mudando suas concepções. Quando se comenta disso com uma amiga sua, por exemplo (que seja da sua idade, mais nova não conta), é bem provável que ela não lhe dê atenção ou tente convencê-la do contrário.
Acaba sendo frustrante dar crédito ao romance, pois quem acaba mal é você. Por quê? Porque ninguém acredita mais nisso. Existem apena
s pequenos resquícios de romantismo, que os próprios incrédulos guardam para uma época em que a inocência volte à tona de novo. O que particularmente, acho difícil. E devemos tocar conforme a música, mesmo que tenhamos que fingir xD

Quem escreveu isso?

Rai


 Uma virginiana de atitude dona do blog # A-Luna
[blog3.png]

2 comentários:

  1. Opa, me senti super honrada agora :)
    Muito obrigada mesmo, viu? Adorei!!
    Que lindo #todoschora

    Beijos!

    ResponderExcluir