Pin It button on image hover

Texto a todos os idiotas do mundo.



Sai de vez de mim, não olha para trás, não tenha pena, nem dó, pois isso faz doer muito mais, você me conhece, eu sempre levo até as ultimas consequencias, eu precisava de motivos para te odiar, já que só enxergava o contrário.

Eu preciso matar esse sentimento para que eu possa continuar, ou é isso ou ele o fará comigo. E é tão duro querer que a terra te engula e ela não o fazer. Mas é melhor assim, do que ser seu brinquedo predileto, e quando você acordar dessa loucura meu amor, eu já estarei longe, tão longe que serei incapaz de te ouvir chamar meu nome.

Todos esses anos, caem como inúteis sobre meus ombros, todos os textos de amor, todas e as músicas que  um dia eu escreveria para você, é um absurdo quanta coisa eu já fiz para estar ao seu lado por apenas alguns segundos, quanto eu já corri, ou andei devagar, quanta coisa eu não vivi, pois só achava graça se você estivesse por perto, e as incontáveis vezes que eu chorei sozinha no meu quarto pensando que a culpa era minha, procurando o meu erro imperdoável, hoje vejo que o único erro foi deixar que você entrasse em minha vida.

Vai ser difícil, mas não impossível aprender a caminhar sozinha novamente.

2 comentários:

  1. caramba, ateh arrepiei... entendo todo esse seu sentimento, flor....
    "quanta coisa eu não vivi, pois só achava graça se você estivesse por perto, e as incontáveis vezes que eu chorei sozinha no meu quarto pensando que a culpa era minha, procurando o meu erro imperdoável, hoje vejo que o único erro foi deixar que você entrasse em minha vida."

    texto lindo!

    beeeijao
    taci!

    ResponderExcluir
  2. São as verdades da vida...
    Obrigada Taci! Beijãao

    ResponderExcluir