Pin It button on image hover

Sem previsão, sem freio


Coloquei musica de mulherzinha pra tocar de novo, mas hoje o motivo é bem diferente do normal, já escolhi um livro novo no catálogo, chega semana que vem, devo confessar, que escolhi pela capa, melhor, pela frase que havia nela "Não se pode prever uma grande paixão... E amar é sempre arriscado." Me fez parar e refletir, me vi balançando a cabeça afirmativamente, e um sorriso cresceu do canto de meus lábios, realmente nós não prevemos de onde a paixão virá, e amar é algo arriscado, costumo definir que é quando a gente pula, esperando que antes do chão, haja braços estendidos para nos amparar.

Sorri mais uma vez, só que de mim mesma, por pensar essas coisas, logo eu, que estava me achando a dona da experiencia, me escondendo do amor atrás de livros e poemas sobre como é bom estar sozinho, que bela mentira, que feio da minha parte, pregar a heroína que não precisa de alguém que lhe mande um SMS pela manhã, ou ligue de madrugada. Saí da escrivaninha e fui até a janela como que para afastar de mim esses pensamentos, mas bastou olhar para a confusão de luzes lá em baixo, que as lembranças vieram à tona...

As brancas me lembraram seu sorriso lindo, as verdes seus olhos perfeitos, as amarelas, lembraram nós dois naquela rua, onde nós só nos enxergávamos e mais nada. "E mais nada" depois daquela noite levo a vida assim, você e mais nada, quando é que a gente vai se ver? Fico me perguntando isso e mais nada. Droga, a paixão já começou a corroer os meus neurônios  estou parando de pensar pra sentir, a lógica não existe neste campo, só a vontade de estar junto, por mais longe que o físico esteja, as palavras tentam nos costurar no mesmo plano, viram carvão na fornalha, sem elas não tem fogo, nem vontade de arder.

De novo volto ao trecho da frase "Não se pode prever uma grande paixão..." E deve ser por isso que quando ela acontece, faz com que a gente se sinta em um mundo diferente, vendo tudo diferente, sentindo tudo mais intensamente, é, deixa a gente meio bobo, como se tivesse sido atropelado por uma frota inteira de sentimentos, e quando você vê, já está comprando livros pela capa, olhando de janelas e lembrando de alguém só de ver as cores das luzes, paixão não dá mesmo pra prever, e nem pra frear.

Nenhum comentário:

Postar um comentário