Pin It button on image hover

Hiato


Ah! Bem melhor, esperei essa onda de feriados e expectativas-futuro-frustradas de listas e metas de início de ano passar, para que eu pudesse escrever algo sobre, e se quer saber está tocando Birdy, e eu estou me achando a escritora solitária. Egos a parte, o que queria dizer sobre o ano que passou, se define em apenas uma palavra: difícil. E sobre o ano que tenho pela frente? Uma frase definiria bem: imprevisivelmente louco, algumas coisas eu posso acertar outras não, mas o ar já carrega seu próprio tom de mistério.

Vai ser o ano do hiato, adeus colegial, amigos de infância se casando, se mudando, isso aqui vai ficar uma loucura, eu realmente detesto monotonia e adoro uma mudança, mas a vida vai pegar pesado este ano, vou ter que aprender a me virar sozinha, não tenho mais as velhas certezas, cada dia está sendo tão novo, que quando começo a me adaptar lá está o sol amanhecendo mais um dia, mais coisas novas, eu mal acompanho. Mas estou confiante de que coisas boas virão misturadas em meio à tantos acontecimentos.

Talvez eu tenha que abandonar alguns medos, alguns sentimentos, faz parte, tenho muita preguiça de até pegar numa caneta e fazer uma lista de metas, ou seria medo do ano terminar e perceber que não cumpri nenhuma delas? Está bem, as duas coisas. Mas já que estou falando no assunto, queria ter pelo menos uma meta neste ano: ter fé nas pessoas. Acho tão bonito gente que acredita na gente, é sério, é tão bom perceber que alguém acredita no seu potencial! E isso muda tudo, e faz da gente mais confiante, e feliz.

Melhor ainda é poder ser essa "pessoa que acredita" para alguém, então quero ser para todos, eu amo pessoas que além de corajosas nos encorajam também, nos coloquem para o alto! E quero ser assim, ser lembrada assim, o resto vem, como dizem essas frases espalhadas pela sua timiline... Ah! Sabe o que eu queria para este ano também? Amor! De todos os tipos, tamanhos e em todos os lugares. E menos medo de fazer metas, mais coragem para cumpri-las também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário