Pin It button on image hover

"Jogaram mentos na geração Coca-Cola"


Com os protestos acontecendo, confesso que tenho acompanhado tudo de perto, e apoio é claro, mas até hoje não tinha exposto minha opinião aqui no blog, na verdade muito se tem falado desse movimento histórico para todo lado, mas mais do que isso, eu desejei que não fizesse só mais uma postagem repetindo os brados que todos repetem, mas sim que contasse a influência do que ele teve em minha vida.

Sim gente, eu me acostumei e ficar dentro da caixinha, e fazia parte do enorme número de pessoas que sentavam e reclamavam dos impostos, reconheciam que a educação está péssima, a saúde nem se fala, mas e só. Não via como sair dessa situação CONFORTÁVEL de reclamar mas dormir tranquilamente com o pensamento egoísta de que enquanto tudo isso não em afetasse de maneira agressiva, não iria tomar providência, ou pior, me perguntava de que adianta só eu querer mudar, e se mais ninguém quisesse? Aqueles brasileiros que decidiram dar um basta, não ficaram parados pensando nisso, e o mais importante pensaram em uníssono que já era hora de mudar!!!

Nunca senti tanto orgulho da nação deste país, e os protestos nas grandes cidades afetaram e muito também as pequenas, como aqui onde moro! Aqui em Itanhomi não precisamos de transporte público, nem temos uma cidade tão violenta, mas também carregamos algumas marcas de inconformidade, também precisamos mudar muitas coisas! Mas que fique claro uma coisa, não adianta ir a luta sem conhecer o inimigo, uma batalha perdida e caída no esquecimento é eminente! Temos que ter objetivos e sermos justos se queremos justiça, saber o porque das coisas terem chegado até este ponto, depois saber como podemos melhorá-las, e aí sim, cobrar dos nossos governantes o que precisa ser feito, se isso não estiver mais a nosso alcance.

No mais, bravo nação! Não foge mesmo à luta, e não se esquece "Dos filhos deste solo és mãe gentil" Não adianta violência, quando se quer ter é resultados, vandalismo, agressões só prova que sua voz não tem razão, sejamos gentis, como diz a letra do nosso hino, e inteligentes, que isto não vire algo partidário mas sim um movimento em favor da ética e da moral do respeito de nossa sociedade, que as marcas deste movimento sejam nossa eterna conscientização, sejamos um povo heroico de um brado retumbante!

Nenhum comentário:

Postar um comentário