Pin It button on image hover

Sobre a bússola do meu coração estar quebrada,


Nossa. Esse vai e vem está acabando comigo. 

Essas ondas repentinas de sentimentos diversos que me arrastam pra este mar confuso de sensações. Me naufraga em dúvidas e meu coração não sabe que direção deve tomar, na segunda está perfeito e decidido de que deve ir ao norte, na terça já esta no nordeste tentando virar ao sul.

 E eu abraço as minhas pernas em posição casulo, realmente querendo estar dentro de um.

Contemplo os objetos inanimados sobre a estante, com alguma esperança de que algum deles me dê as respostas que eu preciso, ou que algum deles me proteja de mim. Entre eles está o celular, que não deveria existir nas horas de tristeza, de incerteza. Aí você já sabe. Reler conversas antigas e criar novas, e lá vamos nós de novo. E de novo, e de novo. E as prioridades da vida se invertem, trocam de lugar de intensidade, e o que eu só queria é que meu coração apontasse apenas uma direção: a certa.

E por enquanto vou por aí pagando de louca, de insegura, e talvez, lá no fundo eu seja, porque a bússola do meu coração tá quebrada e o barco afundando cada vez mais, tô precisando de resgate, de que me salvem de mim mesma, tô precisando de terra seca, de chão firme sob os pés, e talvez eu só esteja precisando de mais um pouco de tempo, para arrancar a bússola do coração e colocar na cabeça, ser mais racional talvez?
Quero mais, "sim" e "não" na minha boca, chega de "talvez", de "quem sabe", de "não sei".

Eu sei, eu só sei, que a minha intensão aqui é somente encontrar uma ilha de paz.

2 comentários:

  1. Muito bom o seu texto! *-*

    http://senhoritapriscila.blogspot.com
    Curti a fan page? (www)
    @priscilafrr,
    beijo.

    ResponderExcluir