Pin It button on image hover

Sobre: Como estou amando o meu curso, Comportamento Organizacional e o que os outros dizem não importa.


Quem é universitário sempre aparece né? Aqui estou! As novas que trago é que a cada dia eu amo mais o curso que estou fazendo! "Ciências Contábeis vai muito além de somente números" é a frase que nós mais ouvimos  dos professores no primeiro período,  a iniciação é mais teórica e mais preparatória devo confessar, mas acredito que a parte mais complexa de qualquer profissão é a teórica mesmo, não adianta eu saber fazer um balanço patrimonial impecável, ou uma "derivada" (alô meus colegas engenheiros!) se a minha postura profissional é péssima, se a minha organização simplesmente não existe, e se estou completamente perdido em minha área profissional, percebi que o início do curso gira em torno desta preparação, com algumas pinceladas de prática também, é claro.

E confesso, que estou mergulhando com tudo no que tenho aprendido em Comportamento Organizacional, gente por que não tem isso no Ensino Médio? Seria sensacional! Vale a pena tirar um pouco de tudo que aprendemos nesta matéria e investir na área pessoal também, com a C.O. você aprende a formar uma postura correta diante as adversidades que vão surgindo ao longo da vida profissional/pessoal, enxerga suas habilidades, e como trabalhar para melhorá-las, a se organizar não só exteriormente, mas os seus pensamentos e sentimentos também, a regrinha que eu mais tenho adotado é do "conte até dez, se não resolver, conte até oitenta, se ainda ficar difícil, saia de perto, mas não exploda, não retruque, não perca o foco".

Quantas vezes isto não nos acontece? Viver em um mundo com personalidades tão distintas, valores tão diferentes, nos faz passarmos por situações de stress quase que constantemente! Gastamos muita energia em uma discussão onde tentamos provar que a nossa opinião é a certa, as vezes o silêncio é realmente a melhor resposta, se poupe, mas se for o caso de ter que resolver a situação a todo custo, não tome suas decisões de cabeça quente, saia de perto, tome um ar, repense, e retorne com a melhor decisão que poderia ter tomado, e depois? Nada de ressentimentos! Separe as coisas! Respeite as diferenças, da porta para fora vocês retornam a condição de apenas seres humanos que estão tentando sobreviver nesse mundo louco, o mesmo vale nas relações pessoais, guardar ressentimentos é o mesmo que ir tomando veneno aos poucos, o único prejudicado é você, perdão realmente é algo libertador! Se for para carregar algo, que seja experiências, aprendizados, e boas amizades!

Ufa! Acho que falei um pouco de mais não é? Eu sempre falo... Mas estou mesmo super animada, e cansada, com mil horas de sono atrasado, e há quem ainda perca seu tempo me dizendo que esta caminhada não irá valer a pena, você que já escolheu a sua, seja lá qual for, irá concordar comigo, e você que ainda vai escolher, anote bem isto: quem faz com que as coisas valham a pena ou não é você mesmo, assim bem auto-ajuda, mas é a mais pura verdade! É só se manter firme, abraçar seu objetivo e trabalhar todos os dias para alcançá-lo, o segredo é peneirar o que ouve, guarde apenas o que te enriquece, as demais opiniões, faça o que faz com este receio bobo que as vezes nasce aí dentro, jogue fora! Caminhe! Até a próxima nostálgicos! Beijos da sua futura contadora!

4 comentários:

  1. Parabéns pela escolha e pelas palavras... Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom!!! Nada melhor do que gostar do que escolheu fazer, isso faz com que essa caminhada fique bem mais leve e o sono... a deixa pra lá :) Beijo

    ResponderExcluir
  3. Obrigada Blenda! Sempre por aqui nos comentários ♥ Amar o que faz torna tudo mesmo mais fácil, inclusive suportar o sono! :D Beijos!

    ResponderExcluir