Pin It button on image hover

Meu querido dia cinza e minhas flores.

Hoje é um daqueles dias nublados, onde tudo ganha uma película cinza, e a noite chega mais rápido, ao contrário de muitos, é o tipo de dia que eu amo, que se iguala ao que se passa aqui dentro, tudo assim tão palpável e tranquilo, tudo a meia luz, como num sonho, com isso vem chegando de manso uma vontade gostosa de me sentar e escrever poesia, mandar cartas e me rodear de amor, são os meus dias, em que a vida prepara um telão e me oferece pipoca para eu apreciar - lembrar - de tudo de bom que tem me acontecido, de colher todas as boas lembranças dos jardins da minha alma.

Agora me sento aqui e aprecio meu ramalhete volumoso, tão cheio de cor e carinho, que tenho até vontade de sair dançando por aí e desejar um lindo dia e boa tarde para todos os passantes da calçada, contenho meus desejos e me concentro em apenas sorrir por dentro e olhar pela janela as nuvens se confundindo com o céu cinza claro, feito onde começa e termina meus sonhos e a realidade. É como se para cada lágrima que eu derramei até aqui, nascesse duas flores mais de alegria, como se eu mesma regasse minha felicidade.

Dias cinzas são dias felizes sim, e não desmerecendo os muitos dias ensolarados, mas quem consegue sorrir para um céu nublado, este sim deve estar carregando uma felicidade genuína, entendeu meu amor por dias assim? Mas o mais importante, é sempre trazermos nossos ramalhetes ao rosto, e nunca esquecer que temos muito mais pelo que sorrir, e que se for para chorar que seja pra regar novos sonhos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário