Pin It button on image hover

Buscando a cura para a procrastinação sem fim.




Este post já é um ato de procrastinar, eu devia estar trabalhando em outra coisa neste momento, mas acabar com isto é ainda mais urgente, e eu preciso anotar estas considerações antes que elas sumam de vez no meu emaranhado de pensamentos.

Para você que ainda não conhece, não sabe o que é segundo a tia Wikipédia:


Procrastinação: é o diferimento ou adiamento de uma ação. Para a pessoa que está a procrastinar, isso resulta em stress, sensação de culpa, perda de productividade e vergonha em relação aos outros, por não cumprir com a suas responsabilidades e compromissos. Embora a procrastinação seja considerada normal, torna-se um problema quando impede o funcionamento normal das ações. A procrastinação crônica pode ser um sinal de problemas psicológicos ou fisiológicos.

A palavra em si vem do latim procrastinatuspro- (à frente) e crastinus (de amanhã). Logo, um procrastinador é um indivíduo que evita tarefas ou uma tarefa em particular.


Pelo menos para mim, tudo pode ser motivo de distração, até uma tampa de caneta fora do lugar, que eu insisto em coloca-la de volta e descubro um outro mundo dentro do porta lápis de clips perdidos e papel de balas que eu nem lembro de ter deixado lá, e com isso as coisas se acumulam e vem o stress e a frustração de nunca conseguir terminar uma tarefa, não no tempo certo. Meu quarto que o diga, uma semana para guardar um sapato no lugar, e as outras tralhinhas, o que me rende: demorar a dormir, agitação e desconforto pela desorganização que eu sempre prometo tentar arrumar no outro dia de manhã cedo, mas como só consigo dormir tarde, acordo em cima da hora de ir trabalhar, mais stress, mais falta de tempo, mais frustração

E sim, parece algo que não tem cura, um simples gesto de organização parece a coisa mais agonizante dos mundos para um procrastinador, mas eis a chave da cura! Um dia de cada vez, não dá para se curar de um minuto para outro. Certo dia vi a seguinte frase:



 "Transporte um punhado de terra todos os dias e terá uma montanha." 

E hoje ela faz muito sentido, creio que a chave para me libertar disto é minar as distrações um dia de cada vez, e escolhi hoje para começar a fazer isto, dividindo por tópicos e repetindo isto toda semana, até obter sucesso completo:

Redes sociais

Pedir para se manter longe delas é algo quase impensável, mas dá para melhorar a maneira de uso, começando em "descurtir" aquelas páginas que nós não nos identificamos mais, ou que só tenham informações desnecessárias que nos tomam um tempo imenso a passear por elas, o mesmo vale para grupos e amizades. 

Blogues

No caso de quem tem blogs, eu mesma escrevo em mais de um e administro umas três páginas, se é impossível abandonar um deles, é fundamental ter uma rotina de dia da semana ou horários para administrá-los (novamente vemos que organização é a chave).

Trabalho

Se você estiver dominando bem as duas coisas acima, sua desenvoltura no trabalho melhora uns 70% criar metas, e manter uma mesa organizada e trabalhar num ambiente limpo também ajudam muito na hora da distração!

Casa

Em casa já experimentei certa vez uma rotina em que marco minutos para cada tarefa, 15min para destralhar a casa, 20min para arrumar as camas e por aí vai, e dá muito certo começar tudo com um objetivo final sempre me mantem focada! Aprendi um pouco disto no Vida Organizada que é um blog que eu super indico por se tratar de organização em todas as áreas da vida, é praticamente o meu guru!

Lazer/vida social

Na verdade é uma das áreas que mais sofrem pois você tende a estar sempre estressado e pouco a fim de ouvir qualquer um, e tende-se a ficar fechado num canto evitando qualquer contato, se dominar todas as coisas acima logo vai notar que estará mais aberto ao convívio e se tornará uma pessoa com mais tempo social e muito mais aberta, sou testemunha vida disto!

O post ficou um pouco grandinho, mas espero ter ajudado a alguém com os mesmos problemas que eu, porém são as coisas que têm funcionado para mim, não quer dizer que funcione para você, mas fui aprendendo da rotina de outras pessoas o que dava certo na minha, e quando me coloco a seguir tem dado certo! Agora deixa eu voltar para minha vida de nova não procrastinadora organizada e produtiva! Mas deixa aí o que funciona com você nos comentários! 

Beijo.


Ah! Vou deixar uma música para vocês refletirem, da Pitty que eu já ouvi horrores quando era adolescente mas só hoje me fez o maior sentido!

Nenhum comentário:

Postar um comentário