Pin It button on image hover

Dança comigo, por toda vida?


Dia 18 completamos 8 meses de casados, e todos os dias eu ainda olho para ele, e penso: sério que eu casei com esse homem? Que se importa tanto comigo que me ama, me protege e entende os meus momentos mais insanos? Que sorte, como é bom casar com que se ama! Parece um baita clichê, e há quem diga que isto um dia passe, mas não é isso que nossos olhos dizem, toda vez que nos encontramos depois de um dia exaustivo, sempre tem um beijo de boa noite, um "eu te amo" antes de adormecer, é o nosso cuidado que cresce a cada dia.

Hoje numa dessas lembranças que o Facebook nos recorda todos os dias, havia um trecho do meu romance preferido "Dança comigo" que vira e meche estava na sessão da tarde da Globo, como o charmosíssimo e lindo Richard Gare, onde a esposa de seu personagem descreve porque as pessoas se casam:


Eu queria ter posto este trecho nos meus votos, mas com a correria acabei deixando passar, e hoje, quase oito meses depois, vejo quanto sentido isto tem, quão verdade é! Tão bom ter alguém para ser testemunha das nossas vidas, para chegar com uma rosa na mão e nos tirar para dançar, como no filme, só que para sempre, todos os dias Rafael me tira para dançar, me rodopia para fora da minha desordem interior, do meu cansaço, me faz rir das pequenas coisas, enxuga o meu mar de lágrimas...

Então, por que as pessoas se casam? Para dançarem juntas por toda vida!

Nenhum comentário:

Postar um comentário