Pin It button on image hover

Precisamos falar sobre ansiedade



A maioria das pessoas na hora de dormir, apenas se deitam e fecham os olhos, enquanto o corpo vai relaxando devagar, já uma pessoa ansiosa, ao deitar-se, é coberta por uma enxurrada de pensamentos, de preocupações pelo que virá, pelo que nunca virá e pelo que já se foi, a vontade de mudar os fatos é onipresente, músculos ainda rígidos, a madrugada não espera, e mais uma noite de insônia acontece.

As pessoas nos cobram constantemente "calma", "não pense nisto agora", e a cada sugestão impossível, sofremos mais um pouquinho, ao nos darmos conta de que jamais atenderemos essas expectativas, dói muito não conseguir "desligar", e tudo que queremos é apenas silêncio diante de nossas lamentações, ou até mesmo que você cuidadosamente, embarque nelas conosco, digo cuidadosamente, pois basta apenas uma frase, para desencadear noites a fio a tentar entendê-la ou refazê-la, evitá-la. 

Ansiosos, nada mais são, do que pessoas que sentem muito, o tempo todo, por tudo, que precedem a dor bem antes de seu impacto, numa proporção bem maior do que deveria ser, muito mais do que curas milagrosas e novos tipos de rotinas, queremos amor, e passarmos despercebido por julgamentos, sermos acolhidos por sua aceitação.

3 comentários:

  1. "Ansiosos, nada mais são, do que pessoas que sentem muito, o tempo todo, por tudo..." Isso me define tão bem, que nem sei te dizer o quanto. Amei o seu texto

    Beijos
    Caroline
    ameamai.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Nos define né? Obrigada pela visita!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu sou exatamente como está no seu texto!
    Obrigada pelas palavras que você deixou em meu blog, espero muito que nós duas fiquemos bem logo <3

    ResponderExcluir