Pin It button on image hover

Precisamos falar sobre ansiedade



A maioria das pessoas na hora de dormir, apenas se deitam e fecham os olhos, enquanto o corpo vai relaxando devagar, já uma pessoa ansiosa, ao deitar-se, é coberta por uma enxurrada de pensamentos, de preocupações pelo que virá, pelo que nunca virá e pelo que já se foi, a vontade de mudar os fatos é onipresente, músculos ainda rígidos, a madrugada não espera, e mais uma noite de insônia acontece.

As pessoas nos cobram constantemente "calma", "não pense nisto agora", e a cada sugestão impossível, sofremos mais um pouquinho, ao nos darmos conta de que jamais atenderemos essas expectativas, dói muito não conseguir "desligar", e tudo que queremos é apenas silêncio diante de nossas lamentações, ou até mesmo que você cuidadosamente, embarque nelas conosco, digo cuidadosamente, pois basta apenas uma frase, para desencadear noites a fio a tentar entendê-la ou refazê-la, evitá-la. 

Ansiosos, nada mais são, do que pessoas que sentem muito, o tempo todo, por tudo, que precedem a dor bem antes de seu impacto, numa proporção bem maior do que deveria ser, muito mais do que curas milagrosas e novos tipos de rotinas, queremos amor, e passarmos despercebido por julgamentos, sermos acolhidos por sua aceitação.

2 comentários:

  1. "Ansiosos, nada mais são, do que pessoas que sentem muito, o tempo todo, por tudo..." Isso me define tão bem, que nem sei te dizer o quanto. Amei o seu texto

    Beijos
    Caroline
    ameamai.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Nos define né? Obrigada pela visita!

    Beijos

    ResponderExcluir