Pin It button on image hover

Gente eu quase morri mas tô aqui PARTE 1


Só consigo pensar nisto quando lembro dos últimos 3 meses que passei, não sabia eu que dois meses após escrever este post, eu iria experimentar um pouquinho do inferno. Senhoras e senhores meu lindo organismo acordou num belo dia e decidiu sofrer de Transtorno de Ansiedade Generalizada, ou como nós sofredores da mesma, chamamos carinhosamente de TAG, e o que é pior demorei 2 meses para ser diagnosticada, então pensa na loucura que foi.

Cada dia um sintoma pior que o outro, entre dores corporais, falta de ar, sintomas depressivos, medo de gente, medo de ficar sozinha, eu encrencava até com as minhas veias das mãos, pensando que iam estourar a qualquer momento, exame de sangue, do coração, de mais uma porrada de coisas e NADA, nas crises a sensação era de um enfarto misturado com um AVC, era uma coisa muito, mas muito louca, noites sem dormir, efeitos colaterais dos remédios, sinceramente, não sabia o que era doença e o que era efeito colateral,

Foi um inferno, o meu corpo se preparava para morrer toda vez que eu tinha uma crise, eu experimentava o que é estar nas ultimas, sem estar nas ultimas, e isto não é como uma gripinha que dá do dia pra noite e some do dia pra noite com alguns remedinhos, eu tinha esta bomba dentro de mim por quase a vida toda, e ela deixou para explodir na época mais bacana da minha vida, onde eu pensei "legal Deus, as coisas estão se encaixando finalmente" e BUUUUUUUUUUUUUM! ! ! ! ! !  

Vi minha vida profissional recem criada deixada para trás, pois não tinha cabeça para nada, para ver ninguém, tinha fobia até do celular, queria sair gritando pedindo socorro, os primeiros 20 dias foram bem debilatados, eu ficava no quarto e graças a Deus meu esposo fez tudo por mim, e estava de férias. [contiua]

Nenhum comentário:

Postar um comentário